"Um povo livre sabe que é responsável pelos atos do seu governo. A vida pública de uma nação não é um simples espelho do povo. Deve ser o fórum de sua autoeducação política. Um povo que pretenda ser livre não pode jamais permanecer complacente face a erros e falhas. Impõe-se a recíproca autoeducação de governantes e governados. Em meio a todas as mudanças, mantém-se uma constante: a obrigação de criar e conservar uma vida penetrada de liberdade política."

Karl Jaspers

julho 20, 2010

ÉBRIO :BRASIL MERECE CRESCIMENTO "EXUBERANTE"8/6. CUMPRA-SE .

http://2.bp.blogspot.com/_aBm5DDjbADU/Sy6Yhf8kOAI/AAAAAAAAAKY/yWgoj5x6ae0/s320/LulaAlto.jpg
Fabio Graner, Agencia Estado
O Ministério do Planejamento revisou de 5,5% para 6,5% a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, previsão inserida no relatório bimestral de avaliação de receitas e despesas da União.

O número previsto para o crescimento da economia do País, que é elaborado pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda, fica abaixo do das declarações públicas recentes do ministro Guido Mantega, que diz trabalhar com uma expansão do PIB entre 6,5% e 7%, e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que disse que o Brasil cresceria não menos que 7% neste ano.
Também fica abaixo dos 7,3% previstos pelo Banco Central.

De acordo com o relatório bimestral, o cenário previsto para a inflação melhorou. A previsão de inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 5,5% para 5,2%, e para o Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna (IGP-DI), de 9,14% para 8,68%.

A expectativa para a média da taxa Selic no ano passou de 9,19% para 9,60%. Para a taxa média de câmbio, de R$ 1,79 para R$ 1,80 por dólar.

O governo prevê um crescimento maior para a massa salarial nominal neste ano: 13,95%, ante 12,69% no relatório anterior. Para o barril de petróleo, a estimativa passou de US$ 80,47 para US$ 76,68.

O documento oficial do governo incorporou o reajuste de 7,72% para os benefícios previdenciários acima de um salário mínimo, que antes estava previsto em 6,14%.

TELEBRAS : 3/AGOSTO REUNIÃO DE ACIONISTAS/ELEIÇÃO DE CONSELHO E ESTATUTO.

http://2.bp.blogspot.com/_-Z7VLBt5LM8/S5kflmGK8jI/AAAAAAAACS8/ZLNzzYvnFL0/s1600/telebras.jpg

Sabrina Craide/Repórter da Agência Brasil

A estatal Telebrás, que foi reativada pelo governo para implementar o Plano Nacional de Banda Larga no país, vai realizar uma assembleia geral extraordinária, no dia 3 de agosto, para definir os membros do Conselho de Administração da empresa e o novo estatuto social.

Os acionistas da empresa deverão referendar o nome de Rogério Santanna para presidir o Conselho de Administração. Santanna foi nomeado há dois meses para ocupar o cargo como substituto.

Os futuros membros do Conselho Fiscal da empresa também deverão ser eleitos nessa mesma assembleia.

O novo estatuto da empresa, que já foi apresentado, permite que a Telebrás tenha subsidiárias e participe do capital de outras empresas do setor.

De acordo com o estatuto, o capital social da empresa será de R$ 419,4 milhões.

Entre os objetivos da Telebrás estão o provimento de infraestrutura e redes de suporte a serviços de telecomunicações prestados por empresas privadas, estados, municípios e entidades sem fins lucrativos e a prestação de serviço de conexão em banda larga para usuários finais, apenas em localidades onde não exista oferta adequada desses serviços.

"TÔ ME LIXANDO PRA A OPINIÃO PÚBLICA" ELE VAI PARA O 8º MANDATO.


http://4.bp.blogspot.com/__XxOAn2zrsk/Sgy6cLWF1ZI/AAAAAAAAAWw/-rGGVWOJTBs/s400/Sergio_Ivan_Moraes.jpg
Vídeo Memória : Sérgio Moraes tenta se explicar, mas desperta mais indignação

Eliano Jorge

Para o Brasil inteiro, ele se resumiu ao deputado que se lixava para a opinião pública, nas suas próprias palavras. Ficou rotulado por sua frase aparentemente lapidar, apesar de inúmeras outras menos ou mais sinceras em cerca de 30 anos como vereador, prefeito e parlamentar.

Candidato ao oitavo mandato, Sérgio Moraes, do PTB gaúcho, não retira nada do que já disse, mas garante se importar com a tal opinião pública.

"É evidente que sim".

Quanto às declarações marcantes, acrescenta algumas novas, em entrevista a Terra Magazine, repassando suas recentes polêmicas. Acredita até ter se fortalecido por elas, por mais negativas que sejam.

Como no suposto aumento de popularidade atribuído ao discurso de "se lixar", em que, aliás, ele alega ter sofrido edição televisiva e enxerga uma conspiração.

Entrevista :

Outra declaração sua é que, embora os jornalistas batam no senhor, não impedem sua reeleição. Nunca bateram tanto quanto recentemente. Existe alguma possibilidade de, desta vez, o senhor não se reeleger?

Urna, ninguém conhece dentro. Só conhece depois que abrem os votos. Mas se há alguma coisa de que não tenho medo é de urna. Aliás, eu gosto demais de urna.

Tanto é que fui contra a lista fechada porque, se fosse assim, eu me ficaria eleito o resto da minha vida. E isso, pra mim, não me serviu porque sou sempre o mais votado aqui e isso me daria a preferência, ou seja, a primeira cadeira seria minha.

E, com isso, eu acho que o eleitor ficaria impedido de me substituir ou de se manifestar na urna qual era o seu desejo.

Então eu não aceitei a lista partidária porque eu gosto e quero a urna. Não tenho medo dela.

(...)

Veja bem, fui eleito duas vezes vereador, duas vezes deputado estadual, duas vezes prefeito de uma cidade de polo na minha região, hoje sou deputado federal, a minha mulher foi deputada federal, foi deputada estadual, é a prefeita da cidade, nosso filho é vereador na cidade e será com certeza deputado estadual.

Se fosse verdade isso que a imprensa escreve, e diz, e fala, e insiste, este sujeito não ia conseguir esse espaço e ser aplaudido pelos jovens.

Entro nas universidades e sou aclamado. Então não é possível que todo mundo aqui não perceba e só a imprensa que percebe. É uma pena, né, tchê?

Essa democracia, lutei tanto por ela, está indo por água abaixo. Por exemplo, por estes dias, a gente (os deputados) não queria deixar o CQC entrar na Câmara.

Eu fui um que, mesmo apanhando do CQC injustamente, fui lá fazer a defesa do CQC. Porque lutei tanto pela liberdade de expressão, tanto pela democracia e ela já estava começando a ser cerceada.

Mas quem estava cavando isso? O próprio CQC, que ia lá ironizar, debochar, ridicularizar, e isso começa a cair, a democracia pode começar a complicar.

Entrevista : Íntegra

BOLSA : ACUMULADO DE 2010 /INVESTIMENTO EXTERNO É DE - R$ 2,059 bilhões

http://4.bp.blogspot.com/_fBY07WDMmrE/SvxVw662WFI/AAAAAAAAd1o/0lDpJe-Iyvo/s400/BOLSA+DE+VALORES.JPG
Os investidores estrangeiros retiraram R$ 16,325 milhões na Bovespa na última sexta-feira, dia 16. Naquele pregão, o índice Bovespa fechou em queda de 1,81%, aos 62.339,27 pontos. O giro financeiro foi de R$ 4,24 bilhões.

Em julho, até o dia 16, o saldo de capital externo na Bolsa está positivo em R$ 878,624 milhões. As compras totalizam R$ 16,295 bilhões, e as vendas, R$ 15,416 bilhões.

No acumulado de 2010, o saldo de investimento externo na Bolsa é negativo em R$ 2,059 bilhões.

AÉCIO : “Nesta eleição você vai votar em 2 senadores” E SERRA ? LÁ NO CANTINHO.


Prioridade : Senado

Click na imagem para ampliar

CONDENADO POR ESTUPRAR MENINA DE 9 ANOS POR QUATRO ANOS É FICHA LIMPA ?

http://2.bp.blogspot.com/_duDJ1LNCnfQ/Sdlk5KtGbGI/AAAAAAAAFM8/PVrWcigpM8k/s320/foto+-+Sefer.jpg

Beneficiado por habeas corpus, o médico Luiz Afonso Sefer é candidato a deputado estadual pelo PP no Pará.
Ele acaba de ser condenado, em primeira instância, por abuso sexual.

Durante quatro anos, teria estuprado menina que conheceu quando ela tinha 9, e que morou em sua casa nesse período. A violência só cessou quando a garota fugiu e o denunciou, com provas, testemunhas e laudos médicos.


Sefer, então deputado quando o caso estourou há dois anos, renunciou ao cargo. Foi ouvido em Belém pela CPI da Pedofilia do Senado, e agora abrilhanta a sentença da juíza Graça Alfaia, titular da Vara de Crimes contra a Infância e a Adolescência, que decretou sua prisão.

Em sua defesa, ele diz que sofre perseguição: de uma menina hoje com 13 anos.

Com o habeas, Sefer pode disputar a eleição.
A lei Ficha Limpa só enquadra quem foi condenado em 2ª instância, por colegiado.


Que $aúde

O empresário Sefer manda literalmente nos hospitais públicos da grande Belém. Por licitação ganha, a empresa da família administra o Metropolitano, o de Breves (Ilha Marajó) e o de Redenção.

Tão perto

A pedofilia e o poder parecem sócias no estado. Mês passado, um irmão da governadora Ana Carepa, ex-motorista dela, 52, foi condenado a duas décadas de cadeia por estuprar uma menina de 11.

NÃO TEM JEITO,É ÍNDOLE, O (P) ARTIDO (T) ORPE TEM QUE SER EXPURGADO.

http://4.bp.blogspot.com/_UJB9XwmBIPc/Skl_ZL34ulI/AAAAAAAAEQs/lvv0OUYB-uk/s400/roberto.jpg

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, reagiu à ameaça do PT de processar a vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, por esta ter dito que analisa ação contra o presidente Lula por suposto abuso de poder político em favor de Dilma.

"É lamentável que qualquer partido tente intimidar a atuação legítima da instituição", diz nota assinada por Gurgel, para quem o MP continuará a cumprir sua "missão constitucional". Dirigentes de entidades do MP, da magistratura e dos advogados também reagiram com indignação à ameaça.

"É lamentável que qualquer partido político, que deveria estar preocupado em cumprir a lei, tente de forma equivocada intimidar a atuação legítima da instituição", diz a nota assinada por Gurgel, divulgada ontem à tarde, que prossegue:

"O Ministério Público Eleitoral continuará a atuar com a firmeza que a sua missão constitucional impõe".


"O presidente tem que dar exemplo"

Dirigentes de entidades do Ministério Público, da magistratura e dos advogados também reagiram com indignação à ameaça do PT. Para eles, a atuação do Ministério Público e da procuradora tem sido a de cumprir a lei eleitoral.

Eles reforçaram a crítica de Gurgel de que a ameaça de representar contra Sandra é uma tentativa de calar a instituição.


O presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), César Mattar Jr., saiu em defesa da colega:

- Isso está me parecendo mais uma tentativa de intimidação do Ministério Público. O presidente da República não está acima de nenhum cidadão pelo cargo que ocupa. Ao contrário, tem de dar exemplo - disse Mattar Jr.:

- O Ministério Público foi criado para fazer exatamente esse papel.


Não se pode tentar intimidar um órgão que foi criado para fiscalizar as eleições. Isso não vale só para o PT, mas para todos os partidos.

GUIDO MIRA MEIRELLES E A SELIC NA PRÓXIMA REUNIÃO DO COPOM.

http://2.bp.blogspot.com/_zDDkR-k-0xg/Sbg2ZVNCYjI/AAAAAAAACLQ/egb0JaDh4Jo/s400/meirelles-foto-antonio-cruz-abr.jpg
Às vésperas da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou em campo e pediu “calma” no debate público que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do BC, Henrique Meirelles, vêm travando sobre os rumos da taxa básica de juros da economia, a Selic.

Mantega vem soltando os cachorros contra uma nova elevação dos juros amanhã. Ele alega que o Copom pode até dar mais “uma pauladinha” nos juros para satisfazer o mercado, mas indicar que o arrocho acabou, pois os riscos inflacionários se dissiparam e o ritmo de crescimento do país diminuiu consideravelmente.

Mudança

Por conta desse debate político e das incertezas ainda presentes no cenário econômico, o mercado vem mudando abruptamente de posição. No início da semana passada, eram poucos os analistas que acreditavam que o Copom poderia promover uma elevação mais suave na taxa Selic.

Agora, na véspera da reunião, as apostas estão divididas. Segundo a Prosper Corretora, cerca de 40% dos analistas acreditam em um aumento de 0,50 ponto, enquanto a expectativa da maioria é de um novo aperto de 0,75 ponto.

“É prematuro interromper o ritmo da alta da Selic de 0,75 ponto percentual nesta reunião de julho, pois é clara, na ata de junho e no relatório de inflação, a deterioração do cenário prospectivo e não corrente da inflação”, disse Eduardo Velho, economista-chefe da corretora.

DADA A LARGA PARA A COMPETICÃO DE QUEM SUPERFATURA E GANHA MAIS.

http://4.bp.blogspot.com/_KC2MRPuRaMo/Ryy2Mhf_wRI/AAAAAAAABYw/grcUZwCqBek/s400/duke_copa2014enossa.jpg
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou ontem uma polêmica Medida Provisória (MP) que concede benefícios econômicos às cidades sede da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

O texto aumenta o limite de endividamento de 100% para 120% das receitas líquidas anuais do municípios que sediarão esses eventos esportivos.

Dessa maneira, os gestores terão acesso a verbas para investimentos em obras de infraestrutura e a possibilidade de conseguir financiamentos com dinheiro público.

O que assinamos é muito importante para o que aconteceu no Pan não se repita. Lembro como se fosse hoje:
nós tentamos firmar um pacto para saber quais eram as responsabilidades dos governos federal, estadual e municipal e não conseguimos.
Na época, estava previsto o investimento do governo federal de uma quantia entre R$ 400 milhões e R$ 600 milhões.

No fim, tivemos de colocar quase R$ 2 bilhões porque as autoridades estaduais e municipais não colocaram. Não teve jeito porque ficaria feio para o Brasil”, ressaltou o presidente.

R$ 6 bi para portos e aeroportos

O ministro do Esporte, Orlando Silva, assinou um termo aditivo à Matriz de Responsabilidades da Copa do Mundo 2014 que prevê investimentos de R$ 5,5 bilhões para aeroportos e R$ 740,4 milhões para portos. A medida define os recursos e os cronogramas das obras para as duas áreas.

Para o ministro, o ato é mais um passo importante na preparação para a Copa de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. “A Infraero executará os recursos na reforma e ampliação de 13 aeroportos das cidades ligadas ao projeto da Copa do Mundo".

Valores dos investimentos

Aeroportos

Belo Horizonte (MG) - R$ 408,6 milhões
Brasília (DF) - R$ 748,4 milhões
Cuiabá (MT) - R$ 87,5 milhões
Curitiba (PR) - R$ 72,8 milhões
Fortaleza (CE) - R$ 279,5 milhões
Manaus (AM) - R$ 327,4 milhões
Natal (RN) - R$ 576,9 milhões
Porto Alegre (RS) - R$ 345,8 milhões
Recife (PE) - R$ 19,8 milhões
Rio de Janeiro (RJ) - R$ 687,3 milhões
Salvador (BA) - R$ 45,1 milhões
São Paulo (SP) - R$ 1,219 bilhão
Campinas (SP) - R$ 742 milhões

Portos

Fortaleza (CE) - R$ 105,9 milhões
Manaus (AM) - R$ 89,4 milhões
Natal (RN) - R$ 53,7 milhões
Recife (PE) - R$ 21,8 milhões
Rio de Janeiro (RJ) - R$ 314,00 milhões
Salvador (BA) - R$ 36 milhões
Santos (SP) - R$ 119,9 milhões

Memória
Gastos 10 vezes superiores ao previsto

Os gastos elevados com os Jogos Pan-Americanos despertaram a atenção de políticos e da população antes mesmo do início do evento.

Passado o evento, cresceram as atenções sobre os custos e uma CPI voltou a ser cogitada, com base num relatório do Tribunal de Contas da União que levantava dúvidas sobre procedimentos adotados pelo CO-RIO em licitações e contratos.

Os gastos totais estimados eram de cerca de R$ 3,7 bilhões, sendo R$ 1,2 bilhão oriundos da Prefeitura.


Em junho de 2009, quase dois anos após o Pan, o Tribunal de Contas da União identificou um superfaturamento de R$ 2,74 milhões no serviço de hotelaria da Vila Pan-Americana.
Três meses depois, divulgou o relatório final de acompanhamento dos Jogos, em que criticou os gastos e a gestão do dinheiro no evento.

Em outubro de 2009, o TCU condenou Ricardo Leyser, membro do Comitê da Candidatura do Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos de Verão de 2016, a devolver mais de R$ 18 milhões aos cofres públicos devido à suspeita de superfaturamento em gastos no Pan.

BRAZIL WORLD CUP 2014

http://2.bp.blogspot.com/_p-E9PrNygBo/SjKMjosHyjI/AAAAAAAASZk/4uhJlGLp9gE/s1600/copa%2Bdo%2Bmundo%2Bdno%2BBrasil.jpg

Depois de nosso esquecido futebol-arte não dar as caras na África da Sul, o Brasil também está fazendo feio nos preparativos para a Copa de 2014.

Decorridos três anos desde a escolha do país como sede do torneio, "falta tudo" para a realização dos jogos, na definição de cartolas da Fifa.

Onde estão os orgulhosos "planejadores" petistas para pôr ordem no gramado?

Hoje o panorama é desolador. Aeroportos estrangulados, obras atrasadas nos estádios, vias de acesso caquéticas e, para completar, um governo incapaz de articular boas parcerias e atrair recursos.

Não se vê no horizonte nada sendo feito para que a Copa gere bons frutos para os cidadãos em termos de melhoria da infraestrutura do país.

O tempo urge, o governo vai tomando atitudes atabalhoadas para vencer o improviso, e cresce o risco de uma gigantesca conta ser espetada nos contribuintes.

Diante do quadro, o velho bravateiro Lula bateu no peito, xingou a Fifa e prometeu atravessar o Oceano Atlântico a nado, caso o país não consiga organizar bem a competição.

Melhor rezar.

Estima-se que a Copa envolva investimentos de R$ 22,4 bilhões em infraestrutura. Outros R$ 112,7 bilhões podem vir a ser injetados no país em decorrência dos preparativos, segundo a FGV.

É fácil ver que se trata de uma oportunidade de ouro para dinamizar ainda mais a economia, gerar emprego e renda para os brasileiros.

Infelizmente, ao contrário de locais onde grandes eventos esportivos deixaram inestimáveis dividendos para a população, aqui a premissa básica foi esquecida.

(...)

Já com o desespero batendo no queixo, Lula assina hoje uma medida provisória para flexibilizar o endividamento de municípios-sede da Copa. Também haverá linhas especiais de financiamento do BNDES.

Nesta altura do campeonato, não custa lembrar que, nos últimos quatro anos, Dilma Rousseff foi a responsável geral pelas obras públicas no país.

Cadê nossa gerentona de almanaque?

(...)

Pelo menos logomarca já temos, o que prova que nosso marketing é imbatível. Mas está na hora de deixar a propaganda de lado e trabalhar. A festa a ser feita no Brasil será formidável.

O desafio é fazer a competição aumentar a qualidade de vida da população, como ocorreu após as Olimpíadas de 1992, em Barcelona, e não levar-nos à bancarrota, caso da Grécia pós-2004.

E por último, mas não menos importante, evitar que o presidente Lula faça tão perigosa travessia marítima em águas infestadas de tubarões.

É certo que teremos tragédia pela frente.

Original/Íntegra : ITV/Pauta em Ponto : Gol contra