"Um povo livre sabe que é responsável pelos atos do seu governo. A vida pública de uma nação não é um simples espelho do povo. Deve ser o fórum de sua autoeducação política. Um povo que pretenda ser livre não pode jamais permanecer complacente face a erros e falhas. Impõe-se a recíproca autoeducação de governantes e governados. Em meio a todas as mudanças, mantém-se uma constante: a obrigação de criar e conservar uma vida penetrada de liberdade política."

Karl Jaspers

julho 16, 2010

PAGANDO MILITANTES PARA TER PÚBLICO. É "ELA"

foto dilma chegando para caminhada e comício no rio 3
Dilma chega à Candelária para caminhada até a
Cinelândia, onde faz comício (Foto: Aluizio Freire/G1)

Enquanto aumentava a expectativa para realização do comício de estreia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha da ex-ministra Dilma Rousseff, na noite desta sexta-feira, militantes contratados desembarcaram de vans e ônibus para assegurar um reforço de público à festa.

De baixo de chuva, uma das militantes, que não se identificou, disse ter recebido R$ 1.200 para "trabalhar na campanha" durante a eleição.

No entanto, ela não especificou se a ajuda de custo era mensal ou se referia-se a um pacote para todo o período da campanha eleitoral.

As vans vieram de Niterói, na metropolitana do Rio. Sobre a ajuda de custo, Rogério Santos, que se identificou como um dos organizadores do comício, disse que os militantes recebem entre R$ 300 e R$ 400 ao mês.

Todos vestiam camisetas verdes. Segundo Santos, cada um dos militantes pagou pela peça.

A contratação de militantes para reforçar o público de comícios e festas eleitorais se transformou em prática recorrente nas grandes campanhas. Dirigentes partidários costumam justificar a prática como uma mera ajuda de custo, para aqueles que se dedicam em tempo integral à campanha.

Em geral, os partidos pagam aproximadamente um salário mínimo por mês a esses militantes, desde a abertura oficial da disputa até a realização do pleito.

A festa de Dilma e Lula começou no início da noite, com uma caminhada. A candidata do PT ao Planalto, entretanto, não usou o jipe reservado para ela pela organização.

Seguiu a pé por apenas um trecho do percurso, despistando até mesmo parte da militância.

Reportagem de Andréia Sadi, enviada ao Rio de Janeiro, e Sâmia Mazzucco, iG Rio de Janeiro

Um comentário:

MENEZES disse...

Estou distribuindo uma planilha EXCEL com 155 nomes de políticos, com acusações ou crimes a que respondem, por partido, estado, etc.! Já repassei para toda a minha lista de e-mail, e ando com algumas cópias, do meu estado (RJ), que entrego para as pessoas que não têm acesso a internet. Se estiver interessado (a), entre em contato! Pior do que querer fazer e não poder é poder fazer e não querer! Grande abraço! Precisamos mostrar aos tolos, em quem não votar! SE CADA UM DE NÓS ENVIAR ESSA LISTA PARA 10 AMIGOS E TODOS TIVERMOS CONSCIENCIA, EM 6 RODADAS TEREMOS DIVULGADO A 1.000.000 (HUM MILHÃO) DE BRASILEIROS. Por favor, gente vamos espalhar esta relação para o maior número de pessoas que pudermos. Estou fazendo a minha parte... Somos 45 Milhões de Internautas, 15 Milhões em Banda Larga!