"Um povo livre sabe que é responsável pelos atos do seu governo. A vida pública de uma nação não é um simples espelho do povo. Deve ser o fórum de sua autoeducação política. Um povo que pretenda ser livre não pode jamais permanecer complacente face a erros e falhas. Impõe-se a recíproca autoeducação de governantes e governados. Em meio a todas as mudanças, mantém-se uma constante: a obrigação de criar e conservar uma vida penetrada de liberdade política."

Karl Jaspers

março 20, 2013

O freguês quer ficar bem no retrato? Dirija-se ao Feirão da Bandidagem


http://1.bp.blogspot.com/_Tm1-eA5H1Mo/TTlhG0Q-0PI/AAAAAAAAGN0/mbuq7QF3WrU/s400/brasil_paraiso_dos_bandidos.jpg

A gerência do Brasil Maravilha autoriza, estimula e, se preciso, até subsidia a compra e venda de produtos cuja comercialização, em países sérios, dá cadeia. Nas bancas do Feirão da Bandidagem, por exemplo, estão à disposição da freguesia:

deputados federais ou estaduais
jogos de futebol
vereadores
licitações de obras públicas
senadores
guardas da esquina
prefeitos
sindicalistas
dirigentes estudantis
governadores de Estado
partidos políticos
carteiras de habilitação
policiais rodoviários
alvarás
delegados de polícia
habeas corpus
policiais militares
eleições proporcionais
eleições majoritárias
exames vestibulares
concursos públicos
fiscais do município, do Estado ou da União
jornalistas
jornais
blogueiros
juízes de Direito
juízes de futebol
promotores
lugar nas filas
estacionamento irregular
perdão de multas
bilhetes premiados
liberação de construções ilegais
inspeções veiculares
loterias
cargos comissionados
noticiários de rádio
telejornais
programas de entretenimento
transplantes de órgãos
diplomas de doutor honoris causa
cursos de doutorado
questões do Enem
ministros de Estado
audiências com autoridades
pareceres de agências reguladoras
desfiles de escolas de samba
medidas provisórias
licenças ambientais
ex-presidentes da República
concursos de miss
pesquisas eleitorais

e, naturalmente, pesquisas de popularidade.

Direto ao Ponto
O freguês quer ficar bem no retrato?
Dirija-se ao Feirão da Bandidagem

Nenhum comentário: